Skip to content

A vida passa – Raul Santos

by em 17/06/2013

A vida passa e nada. Nada de mudanças. Nada de amor. Nada de paz. Nada de Rock. Nada de compartilhar alegrias ou de sofrer pelo outro. Nada porque não é contigo. Nada porque você é um alienado fudido. Só pensa no hoje, pensa que o seu corpo e seu prazer é a razão de ser do mundo.
Um dia a Absolut acaba.
Um dia a fonte seca.

Um dia o leite da mamadeira politiqueira evapora.

Acham que se pode comprar o mundo inteiro?

dedo

Acham que se vendendendo o Poder se mantém?
Acham que somos nenéns?

Aliás, acham algo?

Acreditam em quem?

Vivem pelo que?

Até os fardados vão aderir sabe o porquê?
Assim como você, professor, sofrem com a roubalheira.
Se prostituem para conseguir o pão de cada dia.
Ganham pouco e arriscam suas vidas. Assim como os médicos que atendem em sistemas porcos de saúde.
Assim como os professores que tem que trabalhar em 03 turnos para fazer valer sua sobrevivência.
Assim como os bombeiros que apagam o fogo da sua bagunça por miséria.

Assim, quando precisar de um deles, lembre-se, eu fiz algo.

Por fim, viva. Viva sua liberdade sem esquecer que o circo só acaba quando a platéia entende o roteiro.

Macaé, RJ, Brasil, 2013, 21 de dezembro.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: