Skip to content

Totem – Carla Guedes

by em 17/02/2013

1356641056974

Frágeis asas em revoada…
A travessia na noite sob a tempestade
Custa à borboleta, talvez,
Um pouco de sua leveza e vontade.

Traz marcas no corpo e nas asas
Alquebradas pela força do vento;
Um pouco exaustas: borboleta insone
Despetalando-se em seu próprio tormento.

Oh, bailarina voadora,
Repousa em teu verde novamente!
Teu verde de grama, de folha, de esperança;

Reencontrando nos dias teu sorriso de criança,
Refazendo-te nova, reinventando-te.
Renascendo, como brota da terra a semente.

From → Carla Guedes

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: