Skip to content

Ode à sociedade – Christian Belém

by em 30/12/2012

escravo

Sociedade que vibra com seus desenvolvimentos,
acompanha e acredita nos avanços da medicina
que se torna inútil perante a tantos tormentos
provocados pelos homens,enfim,essa é nossa sina.

Sociedade de um capitalismo cada vez mais devasso,
que em marionetes, os indivivíduos, transforma.
Um consumismo perverso faz com que,de passo à passo,
as pessoas devorem-se, mutilem-se, matem-se,de toda forma.

Sociedade hipócrita,podre, quem ainda não percebeu?!
A classe alta,o burguês, sempre em busca de status, de pose…
com o rei na barriga, pensa ser o melhor, como se fosse…
Quem poderia dar fim a essa hipocrisia? Infelizmente,não eu.

Sociedade que favorece aos menos necessitados,dá-me dó em pensar.
Sociedade corrompida, despida, falida, perdida…
Resta-nos apenas lamentar?Ou ainda há tempo de a reestruturar?
És a sociedade em que esperando a morte, passa-se a vida.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: