Skip to content

Criança – Ana Ney

by em 16/10/2012

 

 

Correm, brincam de roda
pulam, dormem e sonham
Mas quando o sono acaba
os sonhos ainda encantam
Rainhas, reis e princesas
heróis, sem feitos quaisquer…
Na medida da beleza
ganha aquele que mais quer…
 
No mundo particular
Rosas nascem sem espinho
e seguindo qualquer rumo
encontram um só caminho
 
Com o tempo… tudo acaba
parecem “deseducar”
bruxas no lugar de fadas
lentes cinzas no olhar…
 
Então que viva a criança
que cada um tem em si
que cresça e não envelheça
pra não envelhecer, sem sentir.
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: