Skip to content

A dualidade da sereia – Thiago Amério

by em 30/04/2012

Caminhando pela areia do mar, a morena de cabelos dourados de sol, vagava desde o amanhecer. Era assim sua vida, nascera pronta para isto: ser em função do caminhar. Balançando seus cabelos ao vento, espalhava instintivamente uma energia não domada que distraia a quem encontrasse.
Ao passo que distribuía instinto, roubava-lhes, de pronto, algo que muito custava-se para desenvolver – confiança. Tudo teria sido entregue se pedido. Porém, não entendia os motivos, fora criada para isso, pronta, nascera para confundir. Não importava. Mas nada do que foi roubado chegava a lhe acrescentar algo, apenas o que fora dado lhe acrescentou.
Quase não percebeu que muito já lhe havia sido entregue. E fora entregue com amor. Amor suficiente para domar instintos e não mais vagar.
Mas, o que lhe fora dado ainda seria pouco, visto que mais lhe agradava a inebriante alegria fugaz de roubar. Não descobrira a boa sensação de doar.
Quase descobriu em meio a sua saga. Na tentativa de ludibriar mais um, cantou:
 
– Quero agora, o seu melhor pra mim. É o meu prazer e o meu sentido de viver. Renda-se, tudo é meu!
 
Ele, quase hipnotizado, entregou, de bom grado, a areia do mar. Areia cujo valor é do amor e da paz. Embora de areia e mar ela fosse professora, desta espécie jamais lecionara. Tal encontro, momentaneamente, a tocou.
Precisava decidir depressa, pois não domando-a, sua energia a transformaria em loucura.
 
Recolheu-se ao mar entre a dúbia escolha de ser sereia a distrair navegantes ou seguir além da areia para enfrentar o seco caminho do real. Ficou imóvel. Submersa. Quem sabe volte um dia pra caminhar doando?
2 Comentários
  1. vitor permalink

    Beijos de deusa, carne saudável. Como dizia o meu velho que já deitado: “mito inigualável, pois o mar tem o sal e os beijos, o tornam míope…” Com o coração batendo forte e com os olhos vendados, tudo fica mais gostoso e perigoso. Parabéns meu amigo! Vitor Sales.

Trackbacks & Pingbacks

  1. Entrei no reino da princesa – Thiago Amério | A arte procurando ser reposta - inspirando no bom e no belo...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: