Skip to content

Tentativa de Poeta – Carla Guedes

by em 31/03/2012

Riscava as primeiras rimas
Como quem arriscava os primeiros passos.
E rabiscando de leve, redondo e lento
Compunha, em pronto, de certo
versos tolos.

E regendo assim as palavras
Libertando-as de minha são loucura,
Minha escrita, hoje, é eterna procura:
Nada de termos exatos ou
versos inteiros.

Dentre caudalosos rios fonéticos
Escolho em tantos somente poucos
Profanar temas herméticos, em meu dever de poeta;
Na proeminência de meus
versos ocos.

Meus desvarios lógicos, frenéticos
Em minha tentativa de compor versos poéticos,
Assemelho-me a crônicos, insanos, insensatos, léxicos.
Tomado por inteiro de meus
versos loucos.

From → Carla Guedes

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: